terça-feira, 1 de agosto de 2017

Vamos ajudar a Ylana?

Que tal ajudarmos a Ylana Perrella a encontrar
 o 1º comercial da chegada da Boneca Barbie no Brasil:
Ylana foi a menininha ruiva, uma das meninas a fazer parte da gravação que aconteceu no aeroporto na espera do Boing 727 chegar com as primeiras bonecas Barbie no Brasil em 1982 pela Estrela:


Ylana fez contato via e-mail devido a postagem que fiz tempos atras com recortes de gibis e recortes de divulgação na TV Manchete (click AQUI e veja o material de divulgação impresso na época)
mas o que Ylana esta procurando é comercial vinculado na TELEVISÃO em que ela participa

Olá, boa tarde!

Como vai?

Cheguei até você depois de diversas pesquisas na net, por ser a referência mais próxima (teus arquivos) do comercial que fiz quando tinha 07 anos de idade. Meu nome é Ylana Mahler Perrella e fui a protagonista do 1º comercial da Barbie no Brasil:

Fomos até o aeroporto, eu e mais várias meninas, encenando uma espera "louca" (com faixas, bandeiras, etc.) pela Boneca Barbie. Quando a Barbie descia do avião eu virava para as meninas e dizia: "Ai Rebeca, acho que eu vou desmaiar!"... e desmaiava! Rs. Fui chamada para fazer o comercial por ser super ruiva (hoje não mais, rs), com o mesmo tom de cabelos de uma das Barbies do comercial - boneca ruiva, com vestido amarelo + cinto dourado:

Queria MUITO resgatar este comercial e comecei a buscar registros na net; o mais próximo que cheguei nesta minha busca foram os teus registros, das "matérias nas revistas" falando da chegada da Barbie no Brasil. Em uma das imagens do teu blog apareço, atrás de uma suposta repórter que cobre a chegada da boneca ao aeroporto. Você teria ideia de onde consigo esse vídeo? Ou outros registros desse comercial da época?

Desde já super obrigada por sua atenção.

Uma delícia navegar pelo teu blog :)

Att; Ylana



quem souber e queira contribuir entre em contato anacaldatto@yahoo.com.br



Um comentário:

Angela Vasconcelos disse...

Que emocionante!! Imagine a menina do comercial!! Adorei saber linda postagem, eu também era mais ruiva na infância...